quarta-feira, 1 de abril de 2009

Carta Aberta aos Almeirinenses

Carta Aberta aos Almeirinenses

Exmº Snr Director Do jornal ALMEIRINENSE Almeirim, 31 de Março de 2009 O vergonhoso crime ambiental e patrimonial que começou a ser praticado na herdade dos Gagos por responsabilidade do Snr. José Gomes, presidente da câmara municipal de Almeirim, o secretismo inicial, e as promessas de fantasiosos benefícios, têm caracterizado as primeiras iniciativas e justificações para a construção da "prisão de Almeirim". Assim como Almeirinense, tomo a iniciativa de escrever esta carta ao jornal Almeirinense, no sentido de dar conhecimento de um artigo publicado na página 10 do jornal Correio da Manhã de 31/3/09, que dá conhecimento do "paraíso "que é viver junto a uma prisão (Alcoentre). O que é relatado neste artigo, ajudará concerteza os Almeirinenses a compreender quais os verdadeiros reflexos na qualidade de vida dos moradores locais, que poderão ser causados pela iniciativa do actual presidente da câmara. Diz assim a notícia: "Dentro da cadeia roubam telemóveis aos funcionários, e fora dela, assaltam as casas dos guardas prisionais. E não Só. Os presos em regime aberto virado para o exterior (RAVI), também assaltam residências das pessoas que vivem nas imediações da cadeia". Para além de outras considerações existentes no artigo também está transcrita as declarações de um guarda prisional que por medo de represálias não se identificou e que diz: "Isto chegou a um ponto que eu, guarda prisional, tenho medo por mim e pelos meus filhos". Sem mais considerações, agradeço a publicação desta carta. Respeitosos cumprimentos João Renato Coelho André

Sem comentários: